»Home»Tecnologia

Tecnologia Geomagnética

Nos estudos geomagnéticos são utilizados magnetômetros do tipo fluxgates (núcleo saturado) e bobinas magnéticas de indução, ambos de alta sensibilidade e para medidas do campo geomagnético, além de sensores geoelétricos (eletrodos, para medidas do campo elétrico existente na camada superficial terrestre). Os magnetômetros são instrumentos vetoriais (medem simultaneamente as três componentes do campo geomagnético) e as bobinas e os sensores geoelétricos são escalares (medem uma componente ao longo de uma direção escolhida).

Na sua maioria são empregados sistemas autônomos de observações geomagnéticas (sistemas de aquisição de dados), em operação por períodos de dias, semanas ou meses. Parte desses equipamentos e dos sensores geomagnéticos e geoelétricos são desenvolvidos no próprio Laboratório de Geomagnetismo, da Divisão de Geofísica Espacial – DGE do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais – INPE, em São José dos Campos.

São utilizados também diversos sistemas computadorizados para tratamento, processamento e análise dos dados adquiridos em estações magnéticas instaladas em vários locais do território nacional, bem como da sua visualização científica. Técnicas referentes à análise de séries temporais são desenvolvidas e aplicadas para a determinação do conteúdo espectral e das características espaço-temporal dos diversos processos geomagnéticos em estudo.